CPI da Petrobras Ivan Valente quer ouvir explicações de Solange Almeida, fiel aliada de Eduardo Cunha

cpi petrobras cunha e solangeO deputado Ivan Valente (PSOL/SP) foi o único a requerer esclarecimentos da ex-deputada Solange Almeida (PMDB/RJ) na CPI da Petrobras. Considerando as acusações envolvendo os nomes da ex-deputada Solange Almeida e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), na delação premiada do doleiro Youssef, o requerimento (413/2015) foi apresentado no início de março na CPI, mas ainda não foi colocado para análise.

“A convocação da ex-deputada é urgente. Apresentamos requerimento há mais de um mês, mas ele ainda não foi apreciado. Diante das graves acusações é fundamental que a Solange venha à CPI prestar esclarecimentos. Isso deve ser prioridade para esta Comissão”, afirmou Ivan Valente.

O depoimento prestado por Alberto Youssef menciona que diante da paralisação dos repasses das propinas por Júlio Camargo – representante das empresas Samsung e Mitsui no Brasil – a Fernando Soares, acusado de operador do PMDB no esquema, foram apresentados dois requerimentos na Comissão De Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara de autoria da ex-deputada Solange Almeida contra o executivo e as empresas como forma de pressionar o restabelecimento dos pagamentos então sustados.

Matéria publicada hoje pelo jornal Folha de São Paulo ratifica a importância da convocação feita pelo deputado Ivan Valente para que a ex-deputada preste esclarecimentos à CPI. De acordo com a matéria, apesar das declarações de Eduardo Cunha negando qualquer envolvimento com os requerimentos, a Folha detectou no sistema oficial da Câmara que o nome de Eduardo Cunha consta como autor dos dois arquivos em que foram produzidos os requerimentos assinados por Solange e autenticados em seu gabinete.

Mandato Ivan Valente – PSOL/SP