CPI da Dívida Pública e Auditoria da Cidadã

Em 2009 conseguimos fazer aprovar na Câmara dos Deputados a instalação de uma CPI para investigar os impactos sociais e econômicos da dívida pública dos Municípios, Estados e União. No entanto, os trabalhos da CPI foram boicotados pela maioria dos partidos e não recebeu a devida cobertura da imprensa. De lá pra cá o problema só se agravou e os gastos exorbitantes com a dívida pública tem sido um dos elementos fundamentais da crise, além de servir como instrumento de pressão sobre Estados e Municípios para que adotem políticas recessivas de cortes nos gastos em  áreas sociais, de entrega do patrimônio público e de justificativa para as reformas que retiram direitos em âmbito federal.

O pagamento de juros e amortizações da dívida consome aproximadamente metade do orçamento da União todos os anos e a dívida só tem aumentado com o agravamento da crise e a queda na arrecadação que sustenta a ciranda financeira. Os gastos com a dívida são o grande escoadouro das riquezas brasileiras, tratada como uma verdadeira caixa-preta pela imprensa, compromete o futuro e o desenvolvimento soberano do país. A luta pela Auditória da Dívida Pública com controle público segue mais atual do que nunca.

Notícias Relacionadas