Decadência tucana

A decisão do PSDB de continuar no governo Temer atesta a falência moral dos tucanos, por mais que haja uma divisão no interior do partido.

Desmoralizados após as denúncias gravíssimas contra Aécio Neves, o PSDB não encontrou mais rumo. O único consenso que há entre eles tem a ver com a retirada de direitos do povo brasileiro e o desmonte do Estado nacional.

Rachados, sem programa claro e imersos na corrupção, os tucanos se descredenciam ainda mais para dirigir o país.