Delação aponta fraudes em 4 obras em São Paulo e envolve Serra e Kassab

A Odebrecht afirmou ter pago propina em quatro grandes obras realizadas em São Paulo: linha 2-verde do Metrô, o Rodoanel Sul, Túnel na Avenida Roberto Marinho e a Arena Corinthians. A propina equivale a 32 milhões, dos quais 18,8 milhões foram destinados a José Serra (PSDB) e outro montante a Gilberto Kassab (PSD). Ambos foram protagonistas do golpe e marcaram presença nas manifestações pró impeachment

 

Leia mais na Folha