Em Defesa do SUS Saúde Gratuita e de Qualidade

Infelizmente, a saúde não vai bem no país. Temos um ministro, Ricardo Barros, que diz que o SUS, Sistema Único de Saúde, não cabe no orçamento. Um detalhe importante é que a campanha eleitoral de Ricardo Barros em 2014 foi bancada por planos de saúde. Os abusos das seguradoras e sua interferência na política deveriam ter sido melhor esclarecidas pela CPI dos planos de saúde, CPI pedida por Ivan Valente em 2015, mas que foi barrada ilegalmente por Eduardo Cunha.

Mesmo com aumento da demanda por atendimento público, estamos vendo grandes cortes no atendimento médico e na distribuição de remédios. Não apenas em nível federal, como também nos estados e municípios. A luta em defesa do Hospital Universitário da USP e a emenda parlamentar para o Hospital São Paulo são alguns exemplos da atuação de Ivan Valente pela saúde gratuita e de qualidade, mas é preciso continuar resistindo ao plano de desmonte dos serviços mais essenciais.A saúde é direito garantido pela Constituição, e deve ser vista como prioridade.

Notícias Relacionadas