REFORMA TRABALHISTA: GOLPISTAS NÃO TÊM PALAVRA

REFORMA TRABALHISTA: GOLPISTAS NÃO TÊM PALAVRA

Após aprovação no Senado, Maia afirma que não aceitará mudança no texto da Reforma Trabalhista via Medida Provisória.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse em sua rede social que irá barrar possível Medida Provisória de Temer com modificações ao texto da Reforma Trabalhista votada ontem no Senado.

Os senadores governistas aprovaram o texto da Câmara sem nenhuma alteração para que Temer pudesse fazê-las em forma de MP. As senadoras da oposição que ocuparam a mesa do Senado em ato de protesto, o fizeram por não confiar nesta promessa. E elas tinham razão! Não se pode confiar em golpistas.

Prova disso é que agora Maia afirma não reconhecer qualquer acordo com o Senado, anunciando que irá barrar a MP de Temer, para que a Reforma Trabalhista seja validada segundo o texto original aprovado na Câmara.

Trata-se evidentemente de uma fraude. Um golpe para manter a íntegra do texto da Câmara. Uma desmoralização para o Senado. A deterioração de qualquer credibilidade. Um ataque brutal aos trabalhadores. Vamos recorrer ao STF e às ruas. Basta de golpes. Defenda seus direitos.